IICT  

Missão de Pedologia de Angola

Author: Pinto Ricardo; Local: Angola; Data: 1954-1957

Membro de: Pinto Ricardo  

Resultados ( 15 encontrados )

Subscribe to the RSS feed for this result setSubscribe to the RSS feed for this result set

  Abstract Views File Downloads
Pinto Ricardo. (1955). Os pioneiros da Missão de Pedologia de Angola: Cardoso Franco, Botelho da Costa, Ário Azevedo e Pinto Ricardo.. 39 7
Pinto Ricardo. (1957). Tipo de acampamento usado para a instalação do pessoal da Missão de Estudos Pedológicos de Angola. 20 7
Pinto Ricardo. (1957). Montagem das tendas do acampamento da Missão de Estudos Pedológicos de Angola. 28 5
Pinto Ricardo. (1957). Cozinha adaptada nos acampamentos da Missão de Estudos Pedológicos de Angola. 25 7
Pinto Ricardo. (1957). A caravana de veículos da MEPA, atravessando o deserto de Mossamedes [Namibe], entre Mossamedes e Virei. 26 6
Pinto Ricardo. (1957). A camioneta da MEPA.. 22 9
Pinto Ricardo. (1954). A caminotea e um dos jeeps da caravana a entrarem na "Jangada dos Americanos". 16 3
Pinto Ricardo. (1954). Prospeção dos solos para a Carta Generalizada dos Solos de Angola: a sul do Humbe em direção às Quedas de Ruacaná.. 16 2
Pinto Ricardo. (1957). Prospeção dos solos para a Carta Generalizada dos Solos de Angola: picada Virei - Karakul. 17 5
Pinto Ricardo. (1957). Prospeção dos solos para a Carta Generalizada dos Solos de Angola: Picada do Cambeno, entre Iona e o Rio Cunene. 17 4
Pinto Ricardo. (1957). Prospeção dos solos para a Carta Generalizada dos Solos de Angola: Picada Lucira - Bentiaba. 28 6
Pinto Ricardo. (1959). Prospeção dos solos para a Carta Generalizada dos Solos de Angola: Picada na zona de Necuto, no baixo Maiombe, em que Pinto Ricardo sobe um talude para observar um perfil de solo no meio da floresta do Maiome. 34 11
Pinto Ricardo. (1954). Observação das caraterísticas gerais do solo por meio de uma sondagem (até cerca de 1.20m) efetuada num percurso de prospeção para a Carta Geral dos Solos de Angola. 24 5
Pinto Ricardo. (1957). Abertura de uma cova até cerca de 2m de profundidade para observação do respetivo perfil pedológico, num percurso de prospeção na zona de Chilata, para a Carta Geral dos Solos de Angola. 23 8
Pinto Ricardo. (1956). Almoço no fim de um percurso de prospeção (como era sempre normal) na zona do Longonjo, para a Carta Geral dos Solos de Angola. 37 11