IICT ACTD

Depoimento de Jorge Américo Rodrigues de Paiva

Depoimento de Jorge Américo Rodrigues de Paiva. 2012-06-11.
Document type: MO multimedia
Collection: Memória oral  
Attached Files
Name Description MIMEType Size Downloads
ACTD_Depoimento_JARP.pdf   application/pdf 151.99KB 31
JARP1.mp4   video video/mp4 92.46MB 85
JARP2.mp4   video video/mp4 9.91MB 24

Título Depoimento de Jorge Américo Rodrigues de Paiva
Entrevistado Jorge Américo Rodrigues de Paiva
Biografia Resumida Nasceu em Cambondo (conc. Cazengo, Angola) em 1933. Frequentou a instrução primária e o liceu em Luanda. Competou os estudos liceais em Coimbra, onde se formou em Ciências Biológicas pela Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra. É doutorado em Biologia pelo Departamento de Recursos Naturais e Medio Ambiente da Universidade de Vigo (Espanha). Em abril de 1959 começa a trabalhar no Instituto Botânico Dr. Júlio Henriques, da Universidade de Coimbra, a convite do Professor Abílio Fernandes, na qualidade de colaborador subsidiado do Agrupamento Científico de Estudos Ultramarinos junto da Faculdade de Ciências, para trabalhar nas floras de Angola e Moçambique. Em dezembro passa a investigador subsidiado do Centro de Botânica (CB) da Junta de Investigações do Ultramar (JIU). Em abril de 1961 ocupa o lugar de naturalista além do quadro do Instituto Botânico, e continua como colaborador subsidiado do Agrupamento Científico de Estudos Ultramarinos. Em 1963 é contratado como 2.º Adjunto da Missão Botânica de Angola e Moçambique (MBAM). No ano seguinte, toma posse como Assistente de Botânica na Universidade de Coimbra. Acumulou, com a actividade de Investigador Principal no Departamento de Botânica da Universidade de Coimbra, a docência de algumas disciplinas. Foi professor convidado noutros departamentos da Universidade de Coimbra. Foi colaborador do CB do IICT. Dedicou-se ao estudo de algumas floras africanas, como a Flora Zambesíaca e a Flora of Tropical East Africa.
Resumo Jorge Paiva recorda a sua infância em Cambondo (concelho de Cazengo, Angola), os estudos em Luanda, a ida para Coimbra, onde completou o liceu e cursou Ciências Biológicas. Dá-nos conta da sua colaboração com o Agrupamento Científico de Estudos Ultramarinos que a Junta de Investigações do Ultramar financiava na Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra, e com o Centro de Botânica da JIU, da sua carreira de investigador do Centro de Botânico da Universidade de Coimbra, da docência universitária e da sua produção científica. Descreve com detalhe a campanha de 1963 da Missão Botânica de Angola e Moçambique, a este território, sob direção do Dr. Rocha da Torre: práticas de trabalho de campo, colheitas efetuadas, contactos estabelecidos. Destaca alguns dos principais colectores que trabalharam nas colónias portuguesas. Fala-nos ainda da sua atividade cívica como ambientalista.
Local Coimbra
Data 2012-06-11
Língua Português
Palavras-chave / Keywords
1.Agrupamento Científico de Estudos Ultramarinos
2.Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra
3.Instituto Botânico da Universidade de Coimbra
4.Centro de Botânica da Junta de Investigações do Ultramar
5.Missão Botânica de Angola e Moçambique
6.Jardins de Kew
7.Conspectus Florae Angolensis
8.Flora Iberica
9.Flora Zambeziaca
10.Flora of Tropical East Africa
11.António Rocha da Torre
12.Arthur Exell
13.Francisco da Ascensão Mendonça
14.John Gossweiler
15.José Diogo Sampaio d'Orey
16.José Eduardo Mendes
17.Luís Agugusto Grandvaux Barbosa
18.Luiz Carrisso
19.Angola
20.Moçambique
Tipo de recurso moving image
Suporte Mini-dv
Duração 01:20':35"
Entrevistador
1.Cláudia Castelo
2.Patrícia Conde
Registo e Edição Rogério Abreu
Copyright IICT
Proveniência Projecto «Património científico: colecções e memórias»
Instituição Detentora IICT
 
 
Access Statistics: 512 Abstract Views, 140 File Downloads Detailed Statistics
Created: Mon, 16 Sep 2013, 12:01:56 WET by Administrator. Detailed History
Preview (click the image for a larger version)